Programa Via Justiça discute classificação indicativa

12/04/2012 18h17 - Atualizado em 12/04/12 18h17


O programa Via Justiça desta semana debate a classificação indicativa de obras audiovisuais. Os convidados são o juiz José Clemente Piedade de Almeida, da Vara da Infância e Juventude de Ipatinga, e a psicóloga judicial Rosilene Miranda. O Via Justiça vai ao ar nesta sexta-feira (13/04/12), às 23 horas, pela TV Assembleia.

O Ministério da Justiça lançou, em março, a campanha "não se engane", que alerta aos pais sobre a influência que as obras audiovisuais podem ter na formação das crianças e a importância da classificação indicativa. Segundo o Ministério, os critérios da classificação são estabelecidos a partir de pesquisas e de um amplo debate e têm como base a Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente.

No Via Justiça, os convidados analisam algumas peças dessa campanha e os efeitos das obras audiovisuais e, principalmente, da televisão sobre as crianças. Eles vão discutir também como age o Judiciário em casos de abusos da comunicação na TV, os parâmetros constitucionais da manifestação do pensamento e os direitos e a proteção de crianças e adolescentes em relação aos meios de comunicação.

O programa é uma parceria da TV Assembleia com a Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis).


Reprise – o Via Justiça será reapresentado neste sábado (14), às 16h30; no domingo (15), às 22h30; e na segunda-feira (16), às 8h30.

Em Belo Horizonte, a TV Assembleia é transmitida pelo canal 35 da TV aberta e pelo canal 11 da TV a cabo.

Consulte a sintonia da TV Assembleia em sua cidade.

Fonte: ALMG