Visitas a unidades PM e BM em Minas Gerais marcam terceira semana do Programa Ambientar

02/02/2024 16h26 - Atualizado em 02/02/24 17h10

Uma extensa agenda de visitas a unidades de Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar no estado foi iniciada nesta terceira semana do Programa Ambientar, que recepciona os novos juízes de Direito substitutos da Justiça Militar de Minas Gerais. Com as visitas, os magistrados recém-empossados tiveram a oportunidade de conhecer um pouco da rotina dos jurisdicionados desta Justiça especializada.

“A proximidade que os senhores estão tendo com a ponta da linha da Polícia Militar é muito importante para que tenham uma ideia da responsabilidade que todos nós temos como juízes de julgar os militares que estão trabalhando todos os dias em defesa da sociedade”, ressaltou o desembargador Rúbio Paulino Coelho, presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado de Minas Gerais (TJMMG), em saudação aos novos juízes que, na última quarta-feira, 31, assistiram à primeira sessão do Tribunal Pleno em 2024.

Na segunda-feira, 29, foi feita a entrega de votos de congratulações emitidos pela PMMG nominalmente a cada um dos novos juízes e juízas Marcos Luiz Nery Filho, Carolina Aleixo Benetti de Oliveira Rodrigues, Renata Rodrigues de Pádua, George Walter Barreto de Oliveira, João Pedro Hoffert Monteiro de Lima e Bruno Cortez Torres Castelo Branco. O documento os parabeniza pela posse na Justiça Militar de Minas Gerais, e foi entregue pela ten. cel. Siria Delgado Matias, chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do TJMMG.

“Desejamos sucesso na carreira de importância primordial para a manutenção da hierarquia e disciplina das instituições militares do Estado de Minas Gerais”, disse, no voto, o comandante-geral da PMMG, cel. Rodrigo Piassi do Nascimento.

Agenda – A agenda externa do Ambientar teve início na quarta-feira, quando o grupo participou de visita guiada ao 22º Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais e ao Grupo Especializado de Policiamento em Áreas de Risco (Gepar). Na visita ao 22º BPM, localizado no bairro Santa Lúcia, em Belo Horizonte, os magistrados foram recepcionados pelo cel. Micael Henrique Silva, comandante do Policiamento da Capital, e pelo ten. cel. Fabiano Rocha dos Santos, comandante do Batalhão.

Durante a visita os magistrados conheceram a estrutura da unidade e sua área de competência territorial para execução do polimento ostensivo. Foram, também, apresentados ao Núcleo de Justiça e Disciplina da Unidade, fizeram uma visita à Unidade Prisional Militar existente dentro do quartel e se deslocaram pelo interior do bairro Serra, para melhor compreensão sobre a atividade finalística do Gepar.

Na quinta-feira, 1° de fevereiro, o grupo viajou à cidade de Uberlândia. O cel. Fernando Marcos dos Reis, comandante da 9ª Região da Polícia Militar, e o cel. André Humia Casarim, comandante do 2° Comando Regional dos Bombeiros, receberam a comitiva e apresentaram as peculiaridades de cada instituição militar, destacando os desafios, resultados e perspectivas para o futuro do triângulo mineiro, no que se refere à segurança pública.

Os juízes também tiveram a oportunidade de visitar o destacamento da PMMG na cidade de Indianópolis, distante aproximadamente 60Km de Uberlândia, para melhor compreensão da capilaridade das instituições militares e das dificuldades enfrentadas por aqueles que atuam em frações destacadas.

As atividades externas prosseguiram nesta sexta-feira, 2, com visita guiada ao Comando de Policiamento Especializado (CPE), onde o cel. Juliano José Trant de Miranda apresentou as Unidades Especializadas da PMMG (Bope, Rotam, Regimento de Cavalaria, Batalhão de Choque, Batalhão de Polícia de Guardas, Companhia de Policiamento com Cães e Companhia de Recobrimento de Eventos). Os juízes ainda assistiram a simulações do emprego operacional destas Unidades Especializadas.

Em seguida, o grupo esteve na Academia de Polícia Militar para conhecer as instalações, e os Comandantes das Escolas de Formação e Aperfeiçoamento apresentaram detalhes de cada curso ofertado. Por fim, os juízes assistiram a um desfile militar, cuja tropa foi composta por discentes em formação policial militar.

Sistemas – Mas a terceira semana do Programa Ambientar não ficou restrita às visitas externas às instituições militares. Parte da programação foi dedicada a orientar os magistrados quanto ao uso de sistemas utilizados no Poder Judiciário.

Os sistemas abordados foram “E-proc, tramitação processual, minutas, relatórios, Metas Nacionais, TPU, CNJ”, apresentado pelo servidor Thiago Duarte; Sistema Eletrônico de Informações (SEI), pelo servidor Edmar dos Reis; Sistema de Busca de Ativos do Poder Judiciário (Sisbajud), por Márcio dos Santos Alves; Sistema de Execução Eletrônico Unificado (SEEU) e Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP), ambos por Gislêne Souza Salomão.

Veja mais fotos do Programa Ambientar aqui.

Texto: Esperança Barros, com informações do Gabinete de Segurança Institucional
Ascom/TJMMG